Alguns e outros de nós

A diferença entre nós, homens, está no fato de que alguns conheceram, conhecem ou conhecerão a miséria, em qualquer uma de suas formas: no desemprego ou na fome; no arbítrio sobre nossas próprias vidas, com as marcas que risca o autoritarismo imbuído no interior das sociedades. Outros, no entanto, jamais souberam, sabem ou saberão o que é viver no pior, sentir as dores da desigualdade, da economia que vai mal ou da política que governa e serve ao poder. Estes podem tentar entender nossa dor, dizer que compartilham o mesmo lado, mas, quando nunca, na verdade, estiveram…

Anúncios

Sobre Guilherme Zocchio

Jornalista.
Esse post foi publicado em Ensaios e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s